COMUNICAÇÃO

Mesa redonda discute mídia contra hegemônica no ambiente digital

Aconteceu, na tarde dessa quinta-feira (01), no auditório do Departamento de Comunicação (DECOM), a mesa redonda: “Jornalismo contra hegemônico no ambiente digital”, mediada pelo professor Antonino Condorelli. Durante cerca de 2 horas de conversa, foi discutido como e por que combater a narrativa hegemônica dos grandes meios de comunicação. Além disso, foi aberto espaço para a interação com o público presente.

No primeiro momento, a jornalista Letícia Sallorenzo contou sobre suas experiências e os métodos utilizados no Muda Mais, uma das primeiras páginas virtuais independentes a usar discursos alternativos no Brasil. O coletivo foi precursor em trazer artifícios como textos curtos e coloquiais com diversas tags, interpretações de pesquisas e análises de textos para fazer com que a informação chegasse ao público de uma forma mais humanizada.

“A nossa voz precisa ser ouvida para uma discussão mais ampla”, é o que pensa o professor e componente da mesa Daniel Dantas. Para ele, utilizar estratégias ligadas a linguagem e a interpretação é fundamental na luta contra os grandes veículos comunicadores. O professor esclareceu também sua atuação frente aos Blogueiros Progressistas do RN, contribuintes na construção dessa narrativa aqui no Estado.

A representante do Mídia Ninja RN, Idyane França, fez uma breve análise de conjuntura e explicou a importância de discutir esses questionamentos tendo o povo como protagonista e maior aliado na luta pela democratização da mídia. Finalizando a mesa redonda, representando o Levante Popular da Juventude, Bruna Torres reafirmou a necessidade de construir uma ponte com as minorias, o que ela denominou de comunicação popular através da agitação e propaganda.